Nutrire: valoramos quien valora usted!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

02.05.2019

É possível educar seu gatinho?

Quem resiste a um gatinho fofo e brincalhão? Os filhotinhos são mesmo apaixonantes, mas possuem energia para dar e vender.  Por isso, muitos tutores se questionam se é possível educar um gato e evitar que ele tenha comportamentos inadequados.

A resposta é sim, isso é totalmente possível, mas requer paciência e muito carinho. O segredo para adestrar um gatinho é usar o reforço positivo como base para educá-lo. E jamais ser agressivo na comunicação com o filhote. Os felinos são muito sensíveis às broncas, e elas não costumam resultar positivamente no comportamento do animal. O sucesso nesse processo está justamente em saber motivar o filhote.

Se você recompensar o pet toda vez que ele tiver um comportamento que lhe agrade, ele repetirá a ação. Vários são os prêmios possíveis: petiscos, brincadeiras divertidas ou até mesmo um simples afago. Tenha paciência, pois nem tudo sairá como o esperado no início, mas repita várias vezes os mesmos comandos. Lembre-se que educar é reforçar ações.

A cada acerto lembre-se de fazer um elogio dizendo seu nome. É dessa forma que ele compreenderá que quando você o chama é positivo, ou seja, ele vai ser acarinhado ou recompensado. A propósito, o não funcionará da mesma forma, mas utilize-o sem gritos ou histeria. Diga um não seguro e olhe atentamente para o animal. O processo é demorado, mas ele acaba compreendendo que aquele comportamento não lhe agrada.

A punição e a agressividade do dono levam o felino a agir da mesma forma. Além de ficar irritadiço, seu aprendizado será interrompido. Educar gatos exige bom senso do tutor, antes de qualquer outra coisa. O treinamento deve ser feito antes dos dois anos de idade. Após esse tempo, muito possivelmente será complicado ensinar o felino os seus bons costumes. Os gatos não são obedientes por vontade própria, eles precisam ser educados. Tudo, claro, feito com muito amor e afeto.

Luana Walendorff Sartori

Médica Veterinária, formada pela Universidade de Passo Fundo. Gestora Técnica Comercial na Nutrire Industria de Alimentos e Ltda.

Volver
15.01.2018

Voy a viajar. ¿Qué hago con mi gato?

Lea más
15.06.2018

Dos nuevos sabores en Birbo Gatos

Lea más
11.01.2018

Llegaron las vacaciones. ¿Llevar o no la mascota?

Lea más