Nutrire: valorizamos quem valoriza você!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

29.05.2019

Seu gatinho virou vovô?

A terceira idade também chega para os gatinhos e acarreta algumas mudanças importantes. Mas, como saber que meu pet está ficando velhinho? Bom, a partir dos sete anos de idade, o felino já pode apresentar sinais de que está se encaminhando para sua fase “vovô”, além de outros sintomas que aparecem ao decorrer dos anos.   

Isso significa que o seu pet pode ter comportamentos diferentes dos habituais como, por exemplo, fazer as necessidades fora do lugar, pois usar a caixinha de areia fica mais difícil e até doloroso diante das possíveis dores articulares. Além disso, é natural que o bichinho fique menos ativo e durma ainda mais. Os gatos mais velhos ficam sensíveis em todos os sentidos e também podem ficar menos tolerantes.

As dores articulares é o que tornam o felino mais quietinho e isso requer acompanhamento médico para garantir bem-estar ao animal. Por isso, as idas ao veterinário devem ser mais frequentes, bem como a realização de exames para controle da saúde do pet. Se o seu gatinho se lamber menos, fique tranquilo, isso pode ser consequência da velhice. Porém, a qualquer sinal de apatia repentina, consulte um especialista.

Outros sintomas de que seu pet está ficando vovô é a falta de apetite e a diminuição na ingestão de água -  o que pede atenção especial, visto que os líquidos são essenciais para manter a saúde renal dos felinos. Conforme os anos vão passando, os gatinhos perdem habilidades que antes eram dominantes. Memória, visão, audição e capacidade de saltar são as principais.

O importante é que seu melhor amigo tenha amor e cuidados especiais. Acompanhamento médico, água fresca, comidinha de qualidade e muito carinho ajudarão o pet a passar por essa fase da vida com mais integridade. Lembre-se que antes de ficar vovô, seu gatinho passou por muita coisa ao seu lado. Por isso, respeite sua história e ame-o sem limites.

Dra. Luana Sartori

Médica Veterinária da Nutrire

Voltar
07.12.2018

Já pensou em fazer um plano de saúde para o seu pet?

Leia mais
04.05.2018

Cuidados na alimentação da cadela gestante e lactante

Leia mais
15.01.2018

Vou viajar. O que fazer com o meu gato?

Leia mais