Nutrire: valorizamos quem valoriza você!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

04.11.2019

PETS: O seu melhor amigo realmente ama você

Eles são fofos, brincalhões, divertidos e amorosos, não é mesmo? É claro que estamos falando dos animais de estimação. Para termos uma ideia, segundo dados do IBGE, atualmente, são mais pets do que crianças nos lares brasileiros.

Segundo a Emory University, localizada nos Estados Unidos,  os pets amam seus donos e os veem como alguém da família. Um estudo feito pela instituição realizou exames de ressonância magnética no cérebro de alguns cães e concluiu que o olfato é o responsável por identificar essa reciprocidade na atividade cerebral.

Esses exames mostraram que os cães conseguem diferenciar odores e reconhecem imediatamente seus donos e outros animais familiares pelo cheiro. Ou seja, quando o odor característico do tutor se aproxima, o cérebro do pet é acionado e a sensação de felicidade e recompensa é ativada”, explica a veterinária Luana Sartori.

É comprovado que a interação dos cachorros com seus tutores é muito semelhante a de bebês e seus pais. “Isso explica porque o cachorrinho corre para o colo do dono quando se assusta ou quando está com medo”, completa a especialista.

Aliás, você sabia que toda experiência que o cãozinho tem até os seis meses de vida será de extrema importância para seu desenvolvimento? É que o cérebro de um filhote é receptivo o suficiente para que essas ações influenciem todos os períodos que ele viver depois.

Os animais são mesmo muito apegados aos seus tutores, não é mesmo? "Por isso, é tão importante que os tutores interajam com seus animais, passeando, brincando e se divertindo com eles”, aconselha Luana.

Voltar
24.05.2019

Rebeldia: meu adorável cão adolescente

Leia mais
27.07.2018

As vacinas do seu pet estão em dia?

Leia mais
21.09.2018

Como administrar medicação aos pets via oral

Leia mais