Nutrire: valorizamos quem valoriza você!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

25.09.2019

Os cães e o temido verme do coração

Todo mundo já ouviu falar no verme do coração, essa doença silenciosa que provoca problemas graves no coração dos pets, principalmente dos cães

Conhecido como Dirofilariose, esse problema pode levar o animal a um estado crítico, sendo fatal em alguns casos. Além de problemas cardíacos, o verme do coração afeta severamente os pulmões dos cães

O mosquito transmissor

A Dirofilariose é uma doença parasitária transmitida pelo verme Dirofilaria immitis, que afeta o coração dos cães através da picada de um mosquito, que pode ser de três gêneros diferentes: Aedes, Culex e Anopheles.

O verme do coração nada mais é do que o desenvolvimento de larvas que se criam nos tecidos abaixo da pele dos cães. Após atingirem a vida adulta, esses parasitas migram para as artérias do pulmão e do coração. O processo todo dura cerca de 4 meses após a picada do mosquito.

Sintomas 

Não há sintomas iniciais nos cães, visto que leva um tempo até as larvas ficarem adultas. Após a evolução da doença, os pet podem apresentar tosse, cansaço, respiração acelerada e curta, além da perda de peso.

Prevenção e tratamento 

Animais que frequentam praias têm mais chance de contaminação, pois os mosquitos gostam de locais quentes. Para prevenir o problema, é recomendável não deixar água parada em casa para evitar que os transmissores se criem.  

O vermífugo é essencial para evitar doenças parasitárias nos cães. Medicamentos e repelentes também podem ser uma opção. O veterinário é quem indicará a melhor solução.   

A boa notícia é que existe tratamento para o verme do coração, mas pode variar de acordo com a quantidade de larvas presentes no organismo do pet, além da gravidade da situação dos órgãos acometidos.

O tratamento também vai depender da fase em que se encontra o desenvolvimento do parasita. Geralmente, o primeiro passo é eliminar os indivíduos adultos para depois combater as microfilárias presentes no sangue.

O acompanhamento médico é fundamental para que os cães se recuperem totalmente da doença. Fique sempre atento ao clima quente, evite água parada e solicite ajuda do médico veterinário para evitar que o temido verme do coração comprometa a saúde seu melhor amigo.

Voltar
28.03.2018

Mantenha o pet longe dos ovos de chocolate

Leia mais
24.05.2018

Guarda de pets é entendida da mesma forma que custódia de crianças e adolescentes em São Paulo

Leia mais
23.10.2019

Deixar meu pet na creche é uma boa opção?

Leia mais