Nutrire: valorizamos quem valoriza você!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

13.10.2020

Mês dos animais: o amor do pet pelo seu tutor é incondicional

Outubro é o mês dos animais e de São Francisco de Assis - protetor dos nossos bichanos e companheiros. E eles são muitos, para termos uma ideia, segundo dados do IBGE, atualmente, são mais pets do que crianças nos lares brasileiros.

Segundo a Emory University, localizada nos Estados Unidos, os pets amam seus donos e os veem como alguém da família. Um estudo feito pela instituição realizou exames de ressonância magnética no cérebro de alguns animais e concluiu que o olfato é o responsável por identificar essa reciprocidade na atividade cerebral.

Olha que legal, esses exames mostraram que os pets conseguem diferenciar odores e reconhecem imediatamente seus donos e outros animais familiares pelo cheiro. Ou seja, quando o odor característico do tutor se aproxima, o cérebro do pet é acionado e a sensação de felicidade e recompensa é ativada.

Os pets amam verdadeiramente seus tutores

Muitos pensam que animais amam seus tutores pela comida ou pelos agrados que recebem, mas essa relação vai muito além disso. Os pets sentem amor por seus tutores pelo simples fato de ficarem próximos, juntos e unidos. 

Por isso, a alegria deles é nítida quando, por exemplo, retornarmos para casa depois de uma viagem. As atividades cerebrais pesquisadas durante esses momentos são muito semelhantes às que nós sentimos quando reencontramos alguém que amamos.

Por isso, é tão importante que os tutores cuidem de seus pets da melhor forma possível, mantendo em dia as consultas com o veterinário, oferecendo alimentação de qualidade, água fresca e brincadeiras para gastar toda energia acumulada. 

Voltar
13.08.2019

Leishmaniose: precisamos falar sobre isso

Leia mais
02.05.2019

É possível educar seu gatinho?

Leia mais
11.09.2019

Nutrire: expandindo horizontes no gigante asiático

Leia mais