Nutrire: valorizamos quem valoriza você!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

08.07.2022

Especialista dá dicas de como identificar se o pet está com dor

Uma das grandes dúvidas de quem tem um animalzinho de estimação é identificar quando ele está com dor, certo? 

Diferentemente dos bebês, a maioria dos animais não emite sons específicos quando doentes, mas algumas características típicas podem dar sinais de que alguma coisa não está bem com o pet.

Falta de apetite, apatia, cabeça baixa, dorso encolhido e isolamento são alguns sintomas de dor nos bichinhos de estimação, tanto cachorros quanto gatos. 

“Os pets são mais resistentes à dor do que os humanos, isso pode dificultar para reconhecer um animal que sente algum desconforto, mas sempre vai haver um sinal diferente. O tutor deve estar atento, pois cães e gatos não variam muito de comportamento, postura ou vocalização. Quando isso ocorre pode ser por dor interna ou externa”, conta Cecílie Papais, veterinária da Nutrire.

 

Saiba agora os principais sinais de que seu animalzinho está sentindo algum desconforto:

 

Alimentação

Animais que deixam de se alimentar, ou diminuem a ingestão de alimentos de uma hora para outra, podem estar sentindo dor. Quase todas as doenças que afetam os animais têm como primeiro sintoma a anorexia. 

Lembrando que gatos não devem ficar mais de dois dias sem comer, pois podem desenvolver doenças relacionadas ao fígado. 

 

Apatia

Os pets costumam estar sempre dispostos para uma brincadeira, não é mesmo? Se o cão mostrar restrição a caminhar, correr, buscar a bolinha, ou simplesmente apresentar qualquer comportamento anormal ao de costume, é hora de prestar mais atenção. 

Os animais que adoram companhia e de repente se isolam requerem atenção imediata. Com os gatos funciona da mesma forma.

 

Olhos avermelhados 

Esteja sempre ligado aos olhos do pet, cuide se estão vermelhos ou com secreções. Se ele esfregar e mostrar incômodo nessa região, o problema pode ser ocular ou alguma outra doença ligada a esse sistema.

Caso o cão ou gato apresentar os olhos entreabertos de repente, pode ser sinal de dor em alguma outra parte do corpo. 

 

Postura arqueada 

Animais com dor intensa costumam apresentar esse sintoma. É hora de levar o pet imediatamente ao veterinário.

Muitas vezes, animais extremamente dóceis, por estarem com dor em determinados locais, podem se tornar agressivos, comportamento natural para o bichinho que está com dor extrema. Essa é uma reação instintiva, de proteção e sobrevivência, que deve ser considerada como um pedido de ajuda.

 

Vocalização

Muitos animais não emitem sons quando estão com dor, mas pode haver exceção. Cães e gatos com dor forte podem vocalizar. Fique atento aos sons do seu pet!

 

O que fazer?

Leve o bichinho ao veterinário de sua confiança no caso de qualquer um desses sintomas acima. Jamais, em hipótese alguma, medique o pet sem orientação médica.

No caso de animais que estejam reagindo com mordidas e arranhões, se proteja, envolva o animal com toalhas ou mantas, evite o local dolorido, se necessário, faça uso de focinheiras (elas não machucam o animal, pelo contrário, você e ele ficam protegidos). No caso dos gatos, a indicação é sempre colocar em caixa de transporte. Isso permite que ele fique mais confortável e seguro.

 

Fique atento ao seu pet!

Voltar
19.06.2019

Quantas perguntas sobre pets você consegue acertar?

Leia mais
23.06.2022

Seu pet já doou sangue? Você sabia que ele pode salvar vidas?

Leia mais
16.03.2018

Adotar é um ato de amor, carinho e estabilidade

Leia mais