Nutrire: valorizamos quem valoriza você!

Menu

Gostou desse conteúdo? Preencha o formulário abaixo para receber mais novidades exclusivas do nosso blog:

Você gosta de cães ou gatos?

27.07.2018

As vacinas do seu pet estão em dia?

Olá queridos leitores, tudo bem com você e seu pet? Que tal falarmos hoje sobre um assunto que protege você e o seu amiguinho? Então, vamos lá!

Quando recebemos um novo animalzinho em nossa casa, sendo ele filhote ou adulto, surge aquela dúvida, “E as vacinas?”

A vacinação de cães e gatos é a forma mais eficaz de prevenir as principais doenças infecciosas, como a Cinomose em cães e a Rinotraqueíte em gatos. E, ainda, é uma ferramenta importante para evitar as chamadas zoonoses, que são doenças como a raiva e a leptospirose que podem ser transmitidas dos animais para os humanos.

É através do protocolo completo de vacinação, que os nossos queridos pets adquirem imunidade para que, caso entrem em contato com essas doenças, seu organismo possa se defender e bloqueá-las.

No protocolo de vacinas de gatos filhotes, geralmente são usadas duas doses da vacina polivalente (Tríplice, Quádrupla ou Quíntupla)*, com início aos 60 dias de idade, e com intervalo de 21 dias. Ainda nesse protocolo, incluímos a vacina contra a Raiva, que deve ser feita junto com a última dose da polivalente, ou até os 6 meses de idade.

Já nos cães filhotes, esse esquema de vacinas é um pouco diferente, nestes são indicadas 3 doses da vacina polivalente (V7, V8, V10 e V11)**, iniciando aos 45 dias de vida, e também com intervalos de 21 dias. Nos cães também incluímos a vacina da raiva com a última dose, ou até os 6 meses. Para os cães ainda existem as vacinas contra Traqueobronqueíte Infecciosa (“Tosse dos Canis”) e Giardíase Canina, que são indicadas duas doses, associadas a segunda e terceira dose da polivalente. Abaixo, explico melhor quais as doenças cada vacina ajuda a previnir. 

É importante lembrar que a proteção vacinal dos nossos pets não acaba por aí, os cães e gatos adultos necessitam de doses anuais de reforço das vacinas polivalentes e da raiva, para assim mantê-los imunes durante toda a vida. Também é interessante saber que os protocolos de vacina podem variar, conforme as necessidades específicas e também aos diferentes laboratórios. E não esqueçam, estes procedimentos devem ser realizados somente pelo médico veterinário.

Falando dos nossos amigos pets, é fácil associar a rabos abanando, lambidas, brincadeiras e muito amor, né? Por isso, precisamos cuidar da saúde desses que, não importando o nosso bom ou mau humor, a nossa tristeza ou felicidade, estão sempre nos esperando cheios de alegria e carinho, já na porta de casa.

Saiba mais sobre as principais vacinas e quais doenças ela imuniza o pet

* Tríplice: Panleucopenia, Rinotraqueíte e Calicivirose / Quádrupla: Panleucopenia, Rinotraqueíte, Calicivirose e Clamidiose / Quíntupla: Panleucopenia, Rinotraqueíte, Calicivirose, Clamidiose e Leucemia.

** V7: cinomose, adenovírus tipo 2, parainfluenza, parvovirose e leptospirose / V8: Cinomose, parvovirose, hepatite infecciosa, adenovirose, coronavirose, parainfluenza e leptospirose (L.canicola e L.icterohaemorrhagia) / V10: cinomose, parvovirose, hepatite infecciosa, adenovirose, coronavirose, parainfluenza e leptospirose (L.canicola, L.icterohaemorrhagia, L. grippotyphosa e L. pomona ) / V11: cinomose, parvovirose, hepatite infecciosa, adenovirose, coronavirose, parainfluenza e leptospirose (L.canicola, L.icterohaemorrhagia, L. grippotyphosa, L. pomona e L. copenhageni.)

Até a próxima!

Luana Walendorff Sartori
Médica Veterinária, formada pela UPF Universidade de Passo Fundo.
Gestora Técnica Comercial na Nutrire.
 

Voltar
23.12.2017

Não esqueçam dos pets nas festas de fim de ano!

Leia mais
14.09.2018

Quiz: qual pet mais combina com você?

Leia mais
30.08.2021

Novas embalagens da Monello para você

Leia mais